quinta-feira, fevereiro 09, 2006

Restauração e notas de imprensa


Foto: um restaurante em Bangkok que oferece preservativos depois da refeição.
Eu pergunto: será que têm outras instalações para os clientes “descansarem” depois da refeição? E será que avisam dos perigos de uma paragem da digestão…?


Notícia 1

A ministra da Educação, Maria de Lurdes Rodrigues, admitiu ontem a possibilidade de os gabinetes de apoio ao aluno nas escolas secundárias, no âmbito da educação sexual, dispensarem preservativos aos alunos.

Para quando começarem também a disponibilizar uma salinha mais confortavel e aconchegante, para os alunos estarem mais à vontade para… pois… experimentarem os preservativos?
No meu tempo não havia nada disto, e que falta fazia… ou não. (não é que eu seja contra a educação sexual nas escolas)


Notícia 2

A Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP) denunciou no passado dia 30 que «as ambulâncias de muitas associações e corpos de bombeiros, nomeadamente as de cor vermelha, têm sido, nas últimas semanas, vítimas sistemáticas das multas das forças de segurança».

A lei portuguesa, como de costume, gosta de baralhar o pessoal todo. Se por um lado diz que as ambulâncias e os veículos de transporte de doentes têm de ser brancas ou amarelas, por outro diz que os veículos dos bombeiros têm de ser vermelhos.
Em vários locais do país, as forças de segurança decidiram multar sistematicamente as ambulâncias dos bombeiros por estas serem vermelhas e não brancas ou amarelas, apesar de se tratar de (mais) uma gralha na constituição portuguesa.

É bom saber que as forças de segurança estão tão preocupadas com a nossa segurança.
É muito mais perigoso uma ambulância em tons vermelhos que a maioria das maluquices/burrices que grande parte dos condutores fazem nas estradas.




0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home



referer referrer referers referrers http_referer