terça-feira, dezembro 04, 2007

"I hang my head and I advertise:
a soul for sale or rent"

Bem, parece que só uma pessoa tentou acertar o repto que lancei no outro dia. Até não me admira, visto eu ter-lhe dito a resposta certa e visto ser raro vir mais alguém que não seja por engano (tirando as minhas próprias visitas, que devem rondar os 97 ou 98% do total de visitas).


Hoje vou contar um pequeno episódio que se terá passado há coisa de 3 anos (se não estou em erro), numa noite quente – penso que de Verão – na esplanada do Seu Café. Uma rapariga do nosso círculo de amigos dizia conseguir ler a sina na palma das mãos. Tudo bem, cada um acredita no que bem entender. Fez então o obséquio de ler a sina a quase toda a gente daquela mesa.
Devo dizer que a “sina” que me calhou a mim não me deixou muito satisfeito (vá lá saber-se porquê). Segundo as linhas na minha mão vou precisar de dois empregos para sustentar a minha mulher – seja ela quem for, visto que fiquei sem saber quando a vou conhecer (ou mesmo se já a conheço) – mas o “melhor” ainda estava para vir.
Por volta dos 60 anos de idade (e aqui já tenho de fazer um esforço grande para me convencer que vou viver tanto tempo) vou ter um grave problema de saúde que me vai deixar preso a uma cama. E agora sim, entra em força a ironia inerente ao facto de viver… segundo as linhas na minha mão (ou pelo menos, levando em linha de conta o que me foi dito) só depois dos 70 anos de idade vou encontrar o verdadeiro amor da minha vida… e relembro quem me lê, que nessa altura estou preso a uma cama.
Isto levou logo o círculo de amigos a tirarem as suas conclusões: seria uma enfermeira ou seria uma senhora na cama ao lado? E a comunicação seria feita através dos sonoros “bips” das máquinas?

Isto tudo para dizer que a musica que meto agora no blog é de um dos meus grupos favoritos de todos os tempos, que nos deixaram verdadeiras relíquias e musicas intemporais que hão de estar sempre presentes e actuais.


Em termos de curiosidade, apenas acrescento que o simbolo oficial dos Queen foi feito totalmente pelo proprio Freddy Mercury e nele estão representados os signos de todos os membros da banda - leão, caranguejo e virgem (sob a forma de duas fadas).

Queen, com este fabuloso Save Me, gravado em 1979 e lançado em 1980 no disco The Game.
Resta acrescentar que Brian May escreveu esta musica depois de um casal amigo se ter separado.

Queen - Save Me.mp...


It started off so well
They said we made the perfect pair
I clothed myself in your glory and your love
How I loved you
How I cried
The years of care and loyalty
Were nothing but a sham it seems
The years belie we lived the lie
"I love you 'til I die"

Save me Save me Save me
I can't face this life alone
Save me Save me Save me
I'm naked and I'm far from home

The slate will soon be clean
I'll erase the memories
To start again with somebody new
Was it all wasted
All that love ?
I hang my head and I advertise
A soul for sale or rent
I have no heart, I'm cold inside
I have no real intent

Save me Save me Save me
I can't face this life alone
Save me Save me
Oh I'm naked and I'm far from home

Each night I cry and still believe the lie
I love you 'til I die

Yea, yeah
Save me yeah Save me oh Save me
Don't let me face my life alone
Save me Save me
Oh I'm naked and I'm far from home

(Save Me, Queen)




0 Comments:

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home



referer referrer referers referrers http_referer