segunda-feira, outubro 30, 2006

Quinta-feira passada

...fui a Lisboa. Concerto dos Muse, no Campo Pequeno. Das poucas maneiras de me fazer entrar num sitio onde se realizam actividades barbaricas como são as touradas. Outras actividades barbáricas são concertos, mas por razões completamente diferentes.

Como não tenho muito jeito para escrever, aqui ficam excertos de dois artigos sobre o concerto (com links para os artigos completos, para quem quiser ler).

As duas horas de concerto passaram com a força de um furacão, num ritmo frenético semelhante àquele com que Matthew Bellamy, Dominic Howard e Chris Wolstenholme trucidaram o palco. Sem grandes conversas, porque o povo queria era mesmo levar as mãos à cabeça, puxar cabelos, gesticular ensandecidamente e saltar como se o chão queimasse (...)

,in www.rascunho.net



Se a natureza dos buracos negros permanece um mistério, os Muse deram ontem, no Campo Pequeno, uma pista: uma concentração rara de energia, um universo em uníssono, um mundo à parte onde se quer permanecer tanto tempo quanto possível. É que, lá dentro, há canções e imagens capazes de sugar a atenção de todos os viajantes que – não por acaso – ali aterraram.
(...)
Tarefa complicada, esta de voltar à terra quando o corpo ainda está de olhar no palco, esperançoso e siderado, a pedir mais uma voltinha no universo Muse.

, in Publico


O alinhamento do concerto foi o seguinte:
Take a Bow
Hysteria
Map of the Problematique
Butterflies and Hurricanes
New Born
City of Delusion
Plug in Baby
Forced In
Bliss
Apocalypse Please
Hoodoo
Invincible
Supermassive Black Hole
Starlight
Time is Running Out
Stockholm Syndrome
Citizen Erased
Muscle Museum
I Want To Break Free (Riff)
Knights of Cydonia

Acho que está tudo dito.
Deixo apenas um dos pequenos filmes que fiz durante o concerto. Quem quiser ver os outros que fiz pode encontrá-los aqui, no meu perfil do youtube, bem como fotos que eu tirei do concerto, no meu Flickr. Se estiverem interessados, podem também procurar por outras filmagens deste mesmo concerto. Eu já o fiz e há umas mesmo muito boas com musicas completas, que mostram bem o ambiente que se viveu lá dentro.





0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home



referer referrer referers referrers http_referer