segunda-feira, abril 24, 2006

Singela Homenagem


Queria escrever alguma coisa de jeito, hoje... mas duvido que consiga.
Foi um dia diferente, estranho, com muitos quilometros ao volante, boas companhias e momentos dificeis, em que se torna complicado dizer as palavras certas para as piores alturas. Palavras dificeis de se encontrar, porque nenhumas parecem ser suficientes para dar o conforto que sabemos que as outras pessoas devem estar a precisar nesse instante.
E o silencio parece ser o melhor remédio.

Que dizer perante um adeus alheio que parece ser eterno? Que fazer quando nos defrontamos com a pequenez da condição humana, ou perante a grandiosidade que é uma vida e a diferença que essa vida pode fazer para outras pessoas com quem se foram cruzando ao longo da sua existencia...?

Os adeus que mais custam são aqueles que não podem ter resposta.

Infelizmente só existe uma certeza na vida...
...e todos sabemos qual é.




0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home



referer referrer referers referrers http_referer