sábado, abril 08, 2006

Subjugação



Certos dias parecem destinados a nos fazer acreditar que afinal o mundo pode ser um belo lugar para se viver. O Sol volta a brilhar, a temperatura aumenta, permitindo deixar de parte algumas peças de roupa que nos pesam no corpo, que nos prendem os movimentos e os pensamentos.
E sentimo-nos mais leves.
Sentimo-nos com força para encarar o que quer que seja, porque afinal, por vezes o mundo parece belo.
Certos dias têm essa capacidade de nos trair.

E o silencioso, solitário regresso a casa, ao fim da noite, é como uma tremenda bofetada demonstrativa do desprezo a que esse mundo nos mantém subjugado. Porque nos faz acreditar que, por momentos, podemos almejar algo mais, algo ao qual já nos tinhamos convencido que não se destinava a nós, simplesmente porque nem tudo é como desejamos. Por vezes encontramos obstáculos que, por mais que se tente, hão de sempre estar lá, empurrando-nos para o fundo, para o abismo da nossa insignificante existência...

Sim, a felicidade conquista-se, lutando por ela. Mas há obstáculos instransponíveis ao comum dos mortais, que só se ultrapassam atingindo uma transcendência para a qual alguns simplesmente não estão preparados...

...nem sei se algum dia estarão.


Out to get you, os magníficos James, no botão de play, à direita.
E a letra da música, claro.


I'm so alone tonight
My bed feels larger than when I was small
Lost in memories, lost in all the sheets and all old pillows
So alone tonight, miss you more than I will let you know
Miss the outline of your back, miss you breathing down my neck
All out to get you, once again, they're all out to get you, once again

Insecure, what ya gonna do
Feel so small, they could step on you
Called you up, answer machine, when the human touch
Is what I need, what I need is you, I need you

Looked in the mirror, I don't know who I am any more
The face is familiar, but the eyes, the eyes give it all away
They're all out to get you, once again, they're all out to get you
Here they come again

Insecure, what ya gonna do
Feel so small, they could step on you
Called you up, answer machine, when the human touch
Is what I need, what I need is you

Let me breathe, if you'd let me breathe
They're all out to get you, once again, they're all out to get you


(Out to get you, James)






0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home



referer referrer referers referrers http_referer