segunda-feira, maio 08, 2006

...


Frases

Não sei ser feliz, não sei ser contente
Não sei o que importa para o resto da gente

Não sei porque faço as coisas assim
Deixando o presente na ansia do fim

Serei tão breve como um breve assobio,
Uma brisa de vento, uma rajada de frio.

Serei o silencio que quebra com o dia
A luz apagada de uma sala vazia

Por ruas ou estradas, por mares ou rios,
Trajectos de uma vida presa por fios

Qual copo partido ou lampada fundida,
O tempo que passa é a oportunidade perdida

Não sei porque faço, mas assim tem de ser
Andar por aí à procura de te ver

Por mares ou rios, por estradas ou ruas
Meu mundo é sem sol, mas tem muitas luas

Onde quer que vá, levo-te sempre p’la mão
Andas sempre a meu lado... minha solidão.


...........................Nelson Gonçalves (08/05/2006)




0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home



referer referrer referers referrers http_referer