quinta-feira, janeiro 04, 2007

Confusões, confusões, confusões, confusões...


Oceanos esquecidos

Passou tanto tempo desde que vi o oceano.
Onde é que me perdi?
Onde é que troquei o calor das emoções
pelo frio calculismo
do aço e das torres de betão?
Desliguei-me de mim
e agora não me reconheço ao espelho.
Sou um estranho parado sem reacção,
reflexo triste daquilo
que em tempos foi um ser humano.
Há quanto tempo é que o sangue
deixou de me ferver nas veias?
Tento ferir-me e não sangro,
há quanto tempo me perdi
que já sequei por dentro?
Esqueci o toque de uma brisa
ou a frescura da sombra de uma arvore...
troquei-os pelo conforto da ignorância
e já nem me lembro onde fica o Sul.
Para que lado fica o oceano?
Que caminhos devo seguir?
Passou tanto tempo desde que vi o oceano...
...que já não sei o que é sentir.

...........Nelson Gonçalves (03/01/2007)




0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home



referer referrer referers referrers http_referer