sábado, fevereiro 24, 2007

Ai não?! Porquê?


Pretenções

Adormeci sobre a luz do teu olhar que já não é meu.
Deixei que as pétalas fossem arrancadas de mim
e esperei que as estações passassem,
umas atrás das outras,
sem ordem concreta ou que se distinguissem.
As palavras desapareceram e os sons silenciaram-se lentamente
levitando à minha volta, na ansia de um suspiro
que incendiasse o inicio de um novo ciclo interminavel.
As sombras banharam-se na intermitencia de um batimento cardíaco,
na iminente fraqueza de desistir de se fazer ouvir.
Os dedos enrolaram-se, fecharam-se nas mãos
secas e amargas onde outrora percorreu o teu corpo.
A distancia agigantou-se e fechou-se sobre um espaço vácuo,
inócuo e sem sabor ao paladar dos sentidos.
Quando é que fecho os olhos para voltar a viver
onde nunca quis deixar de te ter?

...............Nelson Gonçalves (24/02/2007)




0 Comments:

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home



referer referrer referers referrers http_referer