quinta-feira, setembro 14, 2006

Moribundo... Verão!!


Ontem choveu.
O céu colocou a sua cara mais fechada e cinzenta e deixou cair as lágrimas que me recusei a derramar. As lágrimas que venho guardando nos ultimos tempos.
Foi como um canto do cisne e o primeiro sinal preocupante de que o Verão está a chegar ao fim. E o seu fim significa o baixar das temperaturas, o uso de mais roupa e o começar do frio a entranhar-se no corpo, em primeiro lugar e invariavelmente nos pés, depois conquistando o resto do corpo, aos poucos.
Um Verão tão diferente de todos os outros, pleno de descobertas, a grande parte delas boas descobertas. Com algumas revelações, curiosamente a maioria delas inconsequentes e uma ou outra até desgostosa.
Com curvas e feições e vozes que ficarão marcadas na minha mente e agarradas à minha memória sabe-se lá por quanto tempo.
Ontem choveu... as lágrimas que vinha guardando durante muito tempo, especialmente para esta altura. E agora que o céu se antecipou a mim e derramou as minhas lágrimas de uma só vez, só me resta esperar que um novo Verão chegue. Porque não gosto do cinzento ventoso do Outono, nem do branco e pálido frio solitário do Inverno. E só os primeiros sorrisos floridos da Primavera me trazem alguma alegria, na antecipação de mais um quente e solto Verão que virá.
Assim fico à espera de um novo Verão, enquanto não descobrir maravilhas nas outras estações do ano.




0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home



referer referrer referers referrers http_referer