quinta-feira, dezembro 14, 2006

Outros tempos


Lembro-me de quando a Terra era redonda e girava. Tinha um rumo certo e nunca se desviava da sua órbita. Nessa altura todas as coisas pareciam fazer sentido e tudo tinha a sua latitude e longitude, e ficavam no seu lugar.
Agora a Terra parou, perdeu a forma redonda e tudo é confuso.
Comem-se trovoadas ao pequeno-almoço enquanto se lê as noticias num candeeiro. Corre-se descalço sobre uma estrada de vidros partidos e sangra-se tinta pelas pontas dos cabelos. Os mares agora são habitados por cadeiras vazias e nas docas pescam-se torradeiras por uma pá. As planicies deram lugar a ruínas de livros mal escritos às escuras, onde as letras nunca chegaram a secar. Pelos céus passeiam frigorificos alados, que perseguem aquecedores electricos, para se alimentarem.
Os seres vivos, esses passaram a um estado vegetativo e ficaram confinados a hospícios submersos em cegueira, surdez e solidão.
Em tempos a Terra foi redonda. Acreditem que sim... posso estar neste hospício mas não estou louco, era mesmo redonda e girava!




0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home



referer referrer referers referrers http_referer