quinta-feira, janeiro 15, 2009

Trajectos, projectos, concretos

Cheguei ao fim do trajecto. De um trajecto que tinha definido, há coisa de um ano e meio.

A 2 de Novembro de 2007 fiz uma deslocação a Coimbra (com um desvio por Aveiro, no dia anterior). Objectivo principal: efectuar uma consulta oftalmológica que me permitiria saber da possibilidade para fazer uma operação de correcção à miopia.
No final da consulta, depois de tudo diagnosticado, lá assinei os papéis que os autorizavam a fazer-me tal cirurgia.
No inicio de Fevereiro de 2008 fiz a operação à vista direita. Tive de fazer mais umas consultas de acompanhamento, tudo correu normal e a operação à vista esquerdo lá se fez, seis meses depois. Depois, mais algumas consultas de acompanhamento.

Esta 3ª feira, aproximadamente um ano e quatro meses depois da primeira consulta, foi-me dada a “alta médica”. Foi a última consulta de acompanhamento que tive de fazer a Coimbra… mais de uma dezena de viagens depois, mais de 9000 kms depois.

E o fim desse trajecto – o corrigir a falta de vista que me afectava – deixa-me extremamente feliz, por tudo o que me vai permitir fazer, como se de uma pessoa normal (ou mais perto de ser normal) me tratasse.


O próximo trajecto - que está em marcha desde há poucos dias, mas que já me vinha fazendo dar voltas à cabeça há uns tempos - vai ser mais trabalhoso, mais dispendioso.

Fazer uma casa… fazer aquela que será a minha casa, o meu lar… o meu castelo.


Nota - foi corrigida a miopia, não o daltonismo, ok?




0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home



referer referrer referers referrers http_referer