segunda-feira, janeiro 31, 2011

Ensaios de um regresso adiado



Que importa...


Pouco ou nada importa
se és sol e lua sobrepostos,

quando me fazes andar perdido
por lugares que bem conheço.

Que importa se és calor que foge do gelo
em que a minha vida se recusa tornar,

ou se és gelo que nunca se encontra
na chama de uma lareira acesa.

Que importa se és contradição de palavras
que não se sabe como pronunciar,

o vazio que se sente
quando o peito parece repleto
e prestes a explodir numa lágrima
que apenas corre pela face
na alegria de te poder admirar…



…pouco ou nada deveria importar
se és a única coisa que realmente importa.


(Nelson Gonçalves..........21/01/2011)




0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home



referer referrer referers referrers http_referer